Polícia Militar vai fiscalizar uso de máscaras e distanciamento social em MG

Governador de Minas Gerais Romeu Zema

Polícia Militar vai fiscalizar uso de máscaras e distanciamento social em MG

24 de junho de 2020 Off Por capitaldosvales

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), anunciou, na tarde desta quarta-feira (24), medidas para o combate do novo coronavírus no Estado. A PM (Polícia Militar) vai fiscalizar o uso de máscaras e o distanciamento social nos 853 municípios de Minas Gerais.

“A partir de quinta-feira, a nossa PM vai passar a proceder de maneira diferente. Vai abordar as pessoas que não estiverem usando máscara e, além disso, vai abordar toda situação que o distanciamento entre pessoas não estiver sendo obedecido”, disse.

Zema destacou que não haverá penalidade, como prisão e multa, por parte dos policiais. “A PM vai estar orientando. Quem estiver sem máscara vai ter que providenciar. Quem abusar da proximidade vai ter que corrigir”, alertou.

O apoio da PM foi solicitado após o Estado bater o recorde no número de registro de mortes pelo novo coronavírus em 24h. De terça (23) para quarta (24), a SES-MG (Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais) anotou 51 novos óbitos e chegou a 771 mortes causadas pela doença.

“Ontem foi um dia muito triste para nós mineiros. Tivemos 51 óbitos em Minas. Até então nunca tínhamos superado a marca de 40 óbitos. Temos conduzido bem a pandemia, mas ainda não vencemos o jogo. Só vai ser vencido quando o coronavírus for embora e ainda falta muito tempo”, ressaltou Zema.

Minas chegou a 31.343 casos confirmados, um aumento de 1.446 novos infectados se comparado a essa terça-feira (23). Confira o que mudou em relação ao boletim de ontem:

31.343 casos confirmados (aumento de 4,84%)
771 mortes (aumento de 7,08%)
12.317 casos em acompanhamento (aumento de 3,66%)
18.255 casos recuperados (aumento de 5,55%)
Mais cedo, o governador já havia adiantado, por meio do Twitter, a presença da corporação nas ações do Estado. “Agora, a Polícia Militar irá fiscalizar o uso obrigatório da máscara em Minas. Determinei também que haja a orientação em casos de aglomeração nos 853 municípios mineiros”, postou no perfil oficial do Twitter.

Como a PM vai atuar?
A PM vai ser mais rigorosa com as orientações sobre o uso de máscaras e dispersão das aglomerações. Com relação a multas, a corporação informou que a aplicação de sanções depende do código de postura de cada cidade.

Em alguns locais, por exemplo, há legislações que permitem a aplicação de sanções. No entanto, não se pode prender as pessoas porque elas não estão usando máscaras. A PM pode apenas orientar, a não ser que haja algum outro crime associado. Festas e reuniões, por exemplo, podem ser denunciadas, por meio do 190.

Aceleração da Covid-19

O pico da doença em Minas é previsto para o dia 15 de julho, no entanto, o número de casos começa a acelerar no Estado. “Se compararmos com início de março, até o momento, nós temos conseguido ter o controle razoável da epidemia. É importante que as pessoas entendam que há uma aceleração da doença e é o momento de retornarem para as suas casas e manterem o isolamento adequado”, afirmou o secretário de saúde Carlos Eduardo Amaral, em entrevista coletiva ontem.

“Se puderem, fiquem em casa. Não é momento das pessoas se exporem. Se saírem, usem máscara, mantenha o isolamento, lavem as mãos de uma maneira demorada para que acabe com o vírus. Não toquem o rosto e evitem aglomerações”, acrescentou o secretário.