Galo bate a URT na despedida de Victor

Despedida do goleiro Victor do Atlético

Galo bate a URT na despedida de Victor

1 de março de 2021 Off Por capitaldosvales

Na despedida do goleiro Victor do Atlético e na estreia da equipe no Campeonato Mineiro, o Galo venceu a URT por 3 a 0, na noite deste domingo (28). Com folga dos jogadores titulares, os atletas que menos atuaram no Brasileirão ganharam espaço. Jogadores da base também entraram em campo. Sem substituto para Jorge Sampaoli, Lucas Gonçalves foi técnico da equipe. Diego Tardelli, Marrony e Echaporã marcaram no jogo.

A última partida com Victor em campo teve homenagens ao jogador. Todos os atletas entraram em campo com o nome de Victor estampado na camisa. O goleiro, além de ter sido o capitão da equipe, usou o número 424, quantidade de partidas que ele completou pela equipe alvinegra neste domingo.

“Acho que significa o último ato de uma grande passagem, de uma passagem vitoriosa de uma história vitoriosa. Claro que também teve as dificuldades, mas acima de tudo um legado deixado, com grandes conquistas, de realmente poder fazer parte da galeria dos grandes vencedores do Atlético Mineiro, então, pra mim, é um orgulho, uma alegria muito grande em fazer parte desse seleto grupo e chego hoje com o coração em paz de que cumpri minha missão, fiz o meu melhor e claro, não isento de erros ou equívocos, mas acima de tudo sempre procurando fazer o melhor para poder representar essa camisa”, afirmou o goleiro antes da partida .

Com mais posse de bola e criando boas oportunidades, o Galo foi muito superior dentro de campo. Ao contrário do que aconteceu nas últimas partidas do Campeonato Brasileiro, o Atlético conseguiu ser mais criativo e fazer mais sufoco na URT. O atacante Diego Tardelli, que foi titular na partida, abriu o placar para o Galo aos 24 minutos do primeiro tempo. Marrony dominou na área e cruzou para Tardelli que empurrou para o gol de carrinho.

Logo no início do segundo tempo, aos 4 minutos, Marrony recebeu belo passe de Calebe, bateu forte e marcou o segundo gol do Atlético. Quase não acionado, o goleiro Victor fez a primeira defesa mais efetiva só aos 15 minutos do segundo tempo. Jean Carlos cobrou falta e Victor caiu para fazer a defesa. Depois do segundo gol, o Galo diminuiu o ritmo e apenas administrou o placar, mas, já nos acréscimos, Echaporã marcou o primeiro gol dele com a camisa da equipe profissional do Galo. O atacante correu livre, tirou do goleiro e balançou as redes.

Atlético: Victor; Mariano, Igor Rabello, Gabriel e Dodô (Matheus Lima). Calebe (Julio César), Dylan Borrero e Matias Zaracho (Iago). Sávio (Echaporã), Marrony e Diego Tardelli (Felipe).

URT: Renan Rinaldi; Kellyton (Bernardo), Donato, Luis Felipe e João Paulo; Ian Barreto. João Diogo (Leilson), Jean Carlos e Mateus Oliveira (Paulo Renê); Léo Aquino (Romário) e Yago (Wescley).

Cartões amarelos: Marrony e Echaporã (Atlético); Mateus, João Paulo (URT).