Atlético não aproveita vantagem e cede empate ao Santos no Mineirão

Galo e Santos empataram em jogo disputado neste sábado (11) no Mineirão (Pedro Souza / Atlético)

Atlético não aproveita vantagem e cede empate ao Santos no Mineirão

O Atlético liderou o placar boa parte do tempo e jogou quase todo o segundo tempo com um a mais, mas não foi suficiente. Neste sábado (11), o Galo empatou com o Santos por 1 a 1 no Mineirão e perdeu a chance de somar três pontos. Os gols foram marcados por Savinho, para o Galo e Rwan, para o Peixe.

O Galo abriu o placar aos cinco minutos e tentou pressionar o Santos, mas não conseguiu ampliar a vantagem. A equipe visitante se reorganizou e, mesmo após ter um jogador expulso, se portou bem em campo e buscou o empate.

O resultado leva o Atlético aos 17 pontos pontos e ocupa a terceira posição – quatro pontos distante do líder Corinthians. O Santos está em 10º lugar, com 14 pontos.

O Galo terá como próximo desafio o Ceará, na quarta (15), às 19h, fora de casa. Já o Santos enfrentará o Juventude, em Caxias do Sul, na terça (14), às 21h30. Ambos jogos são pelo Brasileirão.

O jogo

Logo dentro dos primeiros cinco minutos, o Atlético fez pressão e abriu placar. Savinho, no primeiro minuto, finalizou e a bola saiu pelo lado. Quatro minutos depois, Keno fez boa jogada pela direita e levantou na área, Savinho apareceu na segunda trave e apareceu para completar para as redes e abrir o placar.

No decorrer do primeiro tempo, o Galo não conseguiu tanto controlar a partida e o Santos conseguiu levar perigo por duas vezes ao gol de Everson. Bauermann cabeceou bola na trave e o atacante Angulo finalizou dentro da área e obrigou o goleiro atleticano a trabalhar.

O Galo começou a segunda etapa tentando imprimir o mesmo ritmo do primeiro tempo. Hulk recebeu passe de Keno e, dentro da área, não conseguiu marcar. Na sequência, Rwan acertou bola na trave, a bola ainda bateu no goleiro Everson e Zanocello marcou. Contudo, o gol foi anulado por impedimento do santista.

Aos quinze minutos, Savinho tinha o domínio da bola e estava na entrada da área quando foi puxado por Lucas Pires. O juiz, no campo, optou pelo cartão amarelo, mas trocou a punição após ir ao VAR. Na cobrança de falta, Hulk bateu forte e a bola explodiu na trave. Com um a mais em campo, o Galo dominou o jogo. Keno perdeu boa chance após jogada individual.

O jogo ficou mais físico no segundo tempo e foi alto o número de faltas. Jair, Arana e Allan levaram amarelos – os dois volantes estavam pendurados e estão fora da próxima partida do Galo.

Aos 37 minutos, o VAR entrou novamente em ação e chamou o juiz Marcelo de Lima Henrique para analisar disputa entre Jair e Eduardo Bauermann. Após checagem, o árbitro confirmou pênalti. Rwan bateu com perfeição e empatou o jogo.

Após sofrer o empate, Mohamed tirou o volante Jair para colocar o atacante Sasha. Arana fez jogada pela esquerda, bateu cruzado e Sasha quase recoloca o Galo à frente. Felipe Jonathan tirou a bola quase em cima da linha.

ATLÉTICO
Everson; Guga, Alonso, Réver, Arana; Allan, Jair (Sasha), Nacho; Keno, Sávio (Ademir), Hulk.
Técnico: Turco Mohamed

SANTOS
João Paulo; Madson (Auro), Maicon, Eduardo Bauermann, Lucas Pires; Rodrigo Fernández (Camacho), Sandy, Vinícius Zanocelo (Ângelo); Rwan Seco, Angulo (Felipe Jonatan), Lucas Braga (Bruno Oliveira).
Técnico: Fabián Bustos

Motivo: 11ª rodada da Série A do Brasileirão 2022
Data: 11 de junho de 2022 (sábado)
Local: Mineirão
Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique (CE), auxiliado por Nailton Junior de Sousa Oliveira e Renan Aguar da Costa (CE)
VAR: Rafael Traci (SC)
Gol: Savinho, do Atlético, aos 5’/1ºT; Rwan Seco, do Santos, aos 38’/2ºT;
Cartões amarelos: Guilherme Arana, Jair, Allan, Everson (CAM); Ângelo, João Paulo (SAN)
Cartão vermelho: Lucas Pires (SAN)